Index - Edito - História - Autores - Personagens - Publicações - Grupos - Eventos  

O Memorial da História em Quadrinhos da Paraíba é um projeto de extensão e pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal da Paraíba

Edição:
Henrique Magalhães

Contato: henriquemais@gmail.com

Equipe editorial:
Paloma Diniz

Cobaloradores:
Cristovam Tadeu (detalhe de ilustração para o cabeçalho)

Criou-se em julho de 2013, com fluxo contínuo de atualizações.

   Personagens

Espedito

O que nos faz rir em Espedito

Os quadrinhos paraibanos não param de nos surpreender. Desde sua origem, em 1963, com o Flama, de Deodato Borges, de tempos em tempos surge uma leva de novos autores e, evidentemente, novos personagens, trazendo os traços e perfis mais variados. Espedito, de Ricardo Jaime, é um dos novos; criado em 2003, já teve o mérito de ganhar sua própria revista em 2012.
Espedito, "o verdadeiro workaholic", é o clássico personagem de humor construído sobre uma virtude ou um desvio de personalidade. No caso da criação de Ricardo, é um típico funcionário de repartição pública que se enrola com montanhas de papeis e jamais dará conta de expedir tanto trabalho. O achado maravilhoso do nome do personagem vem daí, da contradição do significado do termo "expedir" com a falta de celeridade do personagem.

Assim como Espedito, Ricardo enfrenta o desafio diário - a tira é publicada regularmente em seu blog - de ser criativo para inventar desculpas para seu personagem, para mascarar a ineficiência deste, que busca sempre uma saída mirabolante para se safar. O desafio não é pequeno, já que o autor lida com um ambiente claustrofóbico de um birô empilhado de papeis que prende seu personagem num cenário quase sempre repetitivo, criando redundância com o próprio espírito da tira.

Apesar de Espedito ser quase um fantasma que nos atormenta na vida real sempre que temos que lidar com os incontornáveis serviços burocráticos, não há como não se comover com a figura canhestra e ao mesmo tempo simpática desse personagem, que consegue o feito de trazer uma lufada de bom humor a um meio que nos provoca tanto dissabor. Com Espedito aprendemos a ter um pouco mais de paciência com os funcionários públicos, em particular, e conosco mesmo, ao nos colocarmos eventualmente com a carga de executar serviços maçantes a que nos submetemos.

Um pouco de malandragem, jeito de corpo, dissimulação, que infelizmente tanto tocam ao caráter do brasileiro, é o que nos faz rir em Espedito. Rimos das imperfeições dos outros porque aprendemos a rir de nós mesmo.

Henrique Magalhães

Mais sobre Ricardo Jaime e Espedito:
Espedito n. 1, o álbum
www.ricardojaime.com.br;
www.ricardojaimecomics.blogspot.com
www.espeditotiras.blogspot.com.br

  ESPEDITO









 

 

 

 

 

 


Espedito, personagem de Ricardo Jaime
    Index - Edito - História - Autores - Personagens - Publicações - Grupos - Eventos